Notícias

Vício em games é um distúrbio mental???


Olá, pessoal, aqui mais uma vez é o Carlos, e hoje vamos falar de um assunto polêmico (não, não é mamilos): até onde os games atrapalham a vida de alguém?? Serião… Não vejo os games culpados de nada e sim as pessoas que jogam…

O Nosso site chama “Só o Vício em Games”, porque já fui muito chamado de “olha lá, o viciado” “eita, mas esse é viciado, né?”. Penso que vocês amantes de games, também já foram chamados da mesma forma (essa honra não é só minha) nem que seja por aquela tiazona do pavê (sim, não são só tiozões kk) então, daí recentemente (por volta do dia 02 de janeiro de 2018) a OMS (Organizção Mundial de Saúde) anunciou que irá incluir no CID (Classificação Internacional de Doenças) a condição de “distúrbio de games”.

Putz.. E agora, Carlos? Vamos pegar atestado de games??? kkkkk.. Ué, é meio idiota, mas é tipo isso… Atestado de distúrbio mental? Nãããooo.. É de games, pô… Rs… Como se eles fizessem isso com a gente. Você que joga seu Lolzinho ou qualquer outro jogo, sabe muito bem que não é. Mas e esse pessoal da OMS joga alguma coisa, será? Rs…

Quem nunca num dia de tristeza, de bad mesmo, não passou o dia jogando aquele jogo que te dar prazer? (eu mesmo passei um dia de folga do trabalho jogando Far Cry 3, queria zerar logo!)

E quem nunca maratonou séries o dia todo por que tava com a cabeça cheia de problemas? Vai ter distúrbio de séries?????

E o celular, hein? Vão botar um CID pra ele também?? kkk “Não fui trabalhar, porque não largo o celular, Doutor”

 

Segundo o G1 os sintomas dos distúrbios incluem:

-Não ter controle de frequência, intensidade e duração com que joga videogame;

-Priorizar jogar videogame a outras atividades;

-Continuar ou aumentar ainda mais a frequência com que joga videogame, mesmo após ter tido consequências negativas desse hábito;

 

Ou seja, sintomas de pessoas que não sabem dividir bem o tempo delas ou então crianças pirassentas que os pais não conseguem educá-las para o tempo de lazer e tempo de obrigação…

Como sempre é mais fácil culpar os outros do que assumir a culpa.

Mais uma vez a mídia tenta botar a culpa nos games por alguma coisa: violência, doença, isolamento, depressão…

Mas se alguém tá usando dos games para se isolar, pode ter certeza, que o problema não é dos games e sim da pessoa. A pessoa tem que ser tratada, ouvida, fazer novos amigos, receber atenção dos pais… Isso sim! Não é tirando os games que tu vai fazer ela ficar saudável de novo, pois ela vai arrumar outra maneira de se isolar, se não tratar o principal, a causa da depressão dela ou o que for…

Ah.. E se isso seguir adiante, vai arregaçar com o nosso site, não é mesmo?? kkkk Pelo menos vai aumentar a visitação dos médicos procurando o CID desse distúrbio no Google, isso vai… kkk

E você, o que acha a respeito? Games podem provocar alguma doença?